Os sneakers mais excêntricos que encontramos na sexta edição da Sold Out

Os sneakers mais excêntricos que encontramos na sexta edição da Sold Out

Por STAFF THE GAME

Por Rodrigo Dhakor

A sexta edição da Sold Out aconteceu no último domingo (14) no Espaço Pro Magno em São Paulo e reuniu lojas, colecionadores, personalidades da música e da moda, marcas, pais, filhos e os principais resellers do país, trazendo o melhor do streetwear em um dos maiores eventos de compras-vendas-trocas da América latina.

O evento dessa vez contou com mais de 65 canais de vendas, possibilitando produtos dos mais hypados aos mais exclusivos e limitados. O público contou ainda com diversas ações interativas, concurso, sorteios, rifa, show, além de espaços para a limpeza, customização e restauração dos sneakers e uma área de alimentação. 

Toda a nossa equipe esteve presente e de olho nos sneakers e no style da galera. Clicamos alguns dos modelos mais interessantes do evento, reunimos os melhores onfeet e conversamos sobre as curiosidades dos pares mais fire do complexo.

 

"Eu sempre gostei bastante do Nike Presto Off-White OG, mas sempre achei um tênis muito caro, eu tinha um dinheiro guardado, mas sempre tive medo de gastar assim em algo com um valor muito alto. Foi quando eu voltei de uma festa na madrugada um parceiro de resell postou um stories, achei interessante, fizemos a negociação em um preço bom e até agora estou com o tênis. Já me ofereceram quatro e meio, cinco mil e não quero passar porque gostei demais." Domenico Malvessi 

 

"Eu fui pra Miami e vi o tênis em uma loja que fui com meu pai, peguei esse no preço de retail e também porque a loja estava fazendo um preço da hora. Consegui comprar esse Balenciaga Speed Trainer Lemon Green por US $ 850,00."  Natan Peralta 

 

"Sempre fui muito fã do filme De Volta Para o Futuro. Quando lançou pela primeira vez o Adapt, o valor não consegui acessar, eu ainda não era formado. Hoje sou médico e fiquei aguardando um relançamento.  E agora a Nike lançou esse ano o Adapt BB, consegui pegar lá fora pela StockX, pedi para entregar no Gabriel Medeiros e ele me enviou aqui pro Brasil. Acho uma revolução conseguir usar um tênis sem amarrar e isso me remete bastante ao filme. Claro, não é igual ao Air Mag, mas chega próximo e é inovação, temos que buscar sempre inovação. Sou colecionador de Jordan e esse tênis também me chamou a atenção por ter sido e ser utilizado nas quadras, como no último All Star Game da NBA."  Caio Moura Alfonso 

 

"O Air Yeezy 2 Pure Platinum era um grail há muito tempo, porque sou fã do Kanye West há muitos anos e sempre gostei muito mais dos Yeezy que ele fez junto com a Nike. Pelo valor do calçado, um valor surreal que não era acessível ele era inimaginável para mim. Mas graças a um amigo meu, que tinha ele em uma condição conservação bem abaixo e queria passar, ofereci um game, dei um tênis bem valioso pra ele e então consegui pegar esse tênis aqui. Depois de um tempo fiz outro game e peguei o Air Yeezy e o reformei. O tênis passou por um processo de sole swap, limpeza do cabedal e tudo mais, ai ficou novo."  Lucas Conchão 

 

"Quando eu vi esse tênis aqui (Converse By Don C ERX 260 Animal) não resisti. Foi um tênis icônico na minha época (nos anos 80, início dos anos 90), então não podia deixar de te-lo. E consegui através de uma aluna que estava em viagem na mesma época do lançamento do tênis e conseguiu trazer pra mim tanto a cw branca quanto a preta." Paulo Cesar 

 

"Vi esse tênis (Versace Chain Reaction) no pé do meu amigo uma vez e me interessei na silhueta. Comecei a pesquisar, ver os modelos e fui comprando um, depois dois, fui gostando da coisa e agora sou colecionador de tênis. Acho esse modelo muito top, leve, veste bem, além de ser um tênis do c****** ." Lucas Januário

 

"Meu primeiro tênis de basquete foi um modelo Kobe 1, da época que Kobe Bryant ainda era patrocinado pela Adidas. E esse tênis passado eu ganhei, minha condição financeira era bem baixa. Depois de um bom tempo passei a ser sneakerhead e era meu sonho ter esse tênis de novo. Na ignorância de não saber o valor do tênis eu acabei gastando, jogando bola, brincando na rua com ele quando moleque e quando cresci passei a querer o tênis de novo. Acabei conseguindo pela internet, procurei e depois de quase cinco anos de procura consegui encontrar esse modelo por intermédio das redes sociais, na cor que eu queria que é a cor do Lakers e ele tá ai fazendo sucesso." Felipe Mateus

 

"Meu Off-White Off Court 3.0 não é um modelo raro e nem tem uma particularidade a não ser que o Justin Beber foi quase preso por causa desse tênis, pelo fato dele conter o lacre e as etiquetas, o que fez com que a policia encanasse. É um tênis super confortável e me surpreendeu. E principalmente na hora que vou comprar um tênis, além do meu gosto e tudo mais, tem que ser um tênis que ascende o look, que vai fazer toda diferença no look e é isso que importa pra mim. Não pode ser um tênis que todo mundo tem, não é por isso que eu compro um tênis, mas pela estética. Penso realmente se ele vai fazer toda diferença no meu look e é o caso desse, que uso absolutamente com tudo e ele sempre pontua muito bem com qualquer look." Izabelle Capuzzo

 

"Estava com meu tio e com meu primo em Miami, na loja da Balenciaga e achei esse Triple S Blue e White da hora. Quando fui comprar a vendedora disse que ele estava pela metade do preço (US $ 400,00) e sem pensar duas vezes e sem nenhuma dificuldade peguei essa cw que acho particularmente muito bonita." Daniel Pirroncelli

 

(Fotos Felipe Cardozo)