Sneakers & Rap - Kanye West, The College Dropout x Air Max 95

Sneakers & Rap - Kanye West, The College Dropout x Air Max 95

Por CONVIDADO THE GAME

Por Sneakers Mob,

Como abordado recentemente aqui no blog, no último dia 10 houve o lançamento do modelo Air Max 95 em colaboração com loja japonesa CAV EMPT.

Aproveitando o resgate dessa silhueta clássica, apresentamos a história que conecta esse modelo tão especial para a linha Air Max a um rapper muito conhecido por nós, Kanye West.

Sobre um New e o Old Kanye.

Entenda o acontecimento que mudou a trajetória do rapper Kanye West e as suas ligações com o modelo Air Max 95:

Tênis: Air Max 95
Design: Sergio Lozano
Data de lançamento: 1995

(Nike) 

Detalhes sobre o tênis: O Air Max 95 foi um modelo construído inspirado no corpo humano. A atenção aos detalhes sobre ele foram formidáveis. A parte superior da entressola ao centro foi inspirada na pele humana e na espinha dorsal, as cores se formando umas sobre as outras, da sola para a língua, e a qualidade dos materiais foram os melhores que poderiam aplicar. O gradiente original "Neon" dava uma impressão insana ao modelo, muito similar ao outro "insano" que tem ligação direta com esse modelo.

 

Álbum: The College Dropout
Ano de lançamento: 2004

(Pintrest)

Destalhes sobre o álbum: Esse álbum foi muito especial para Kanye West. Com a label da Roc-A-Fella, ele lançou Kanye ao topo, mostrando seu valor no cenário do rap. Trouxe seu estilo de rap para um público e efetivamente, mudou a percepção sobre o que um rapper de poderia ser após isso. Clássicos como ""Slow Jamz" e "All Falls Down" só reforçaram o talento de Kanye, e quanto ele poderia fazer pelo rap e por Atlanta, sua terra de origem.


Ligação entre os dois:

(Pintrest)


Old e New Kanye. O que aconteceu com ele no ano de 2004 foi o ponto de partida para o que conhecemos hoje. Para o Air Max 95 não foi diferente.
Em 2004 Kanye sofreu um acidente de carro quase fatal, e teve que reconstruir a sua mandíbula, fora as escoriações por todo o corpo. Já em 1995, a sequência de lançamentos da série Air Max foi abandonada pelo seu criador, Tinker Hatfield, passando para Sergio Lozano a responsabilidade por trazer uma nova silhueta e ideia ao projeto.
Uma luta pessoal dos dois (Kanye em seu acidente e Sergio Lozano com a ousada ideia da silhueta do Air Max 95), ambos reconstruídos e triunfando com seu destaque individual.

Sobre o acidente, o próprio Kanye relata que ele foi decisivo para a sua carreira. Na época, antes do lançamento do álbum, ele fazia alguns trabalhos para grandes nomes do rap, mas nada lhe dava o destaque que merecia. Após o acidente, e depois de duas semana de internação, cirurgias e recuperação, o novo Kanye nasceu, e em entrevista ele relatou:

-...“Quando tive meu acidente, eu estava trabalhando em "Beanie Sigel", "Black Eyed Peas" e "Peedi Crakk", e vamos apenas dizer que essas faixas não eram meus melhores trabalhos. Se eu tivesse passado naquela noite no estúdio, esse teria sido o fim do meu legado (se tivesse ficado no estúdio ao invés de ter ido embora e sofrido o acidente, prestigio do seu trabalho teria sido desviado a outros artistas, e não teria lhe dado a força que precisava para fazer o seu projeto de disco). Agora, quando entro no estúdio, ajo como se este pudesse ser meu último dia."

É MOB, a próxima vez que ouvir um "saudades Old Kanye", se lembre disso. Se o Old Kanye estivesse em cena, talvez nada do que conhecemos, como seus trabalhos e assinaturas junto a Nike e Adidas existissem. Vocês sobreviveriam a essa realidade?