Facebook e Instagram fora do ar: Usuários recorrem à polícia na Nova Zelândia

Facebook e Instagram fora do ar: Usuários recorrem à polícia na Nova Zelândia

Por CONVIDADO THE GAME

Por Felipe Bichara

O Facebook, Instagram e Whatsapp estavam parcialmente fora do ar no Mundo todo. Alguns usuários reclamaram da perda de boa parte de sua funcionalidade.

Os aplicativos e plataformas eram capazes de abrir, mas ao enviar e receber mensagens, postar novos conteúdos, encaminhar mídias e áudios (no caso do whatsapp), não conseguiam completar a função.

 

 

Embora difundido e em todos os países, o problema não atingiu todos os usuários.

O Facebook já reconheceu o problema no Twitter e disse que estava trabalhando para resolve-lo.

Apesar da rede ter caído em praticamente todo o mundo, o Facebook garantiu que não foi um ataque cibernético.

 

 

 

Na Nova Zelandia, o desespero foi tão grande que os moradores, com o intuito de voltar usar as plataformas, recorreram ao mais inusitado: a polícia local.

A polícia de Canterbury postou uma advertência no Twitter pedindo que os moradores não ligassem para o número 111: "Infelizmente não podemos fazer nada sobre isso porque, você sabe, eles são baseados na América e nós somos a polícia"