“Virgil Was Here”, o desfile de despedida e homenagem da Louis Vuitton a Virgil Abloh

“Virgil Was Here”, o desfile de despedida e homenagem da Louis Vuitton a Virgil Abloh

Por RODRIGO DHAKOR

No último dia 30 de novembro, a Louis Vuitton se despediu de um dos maiores designers da grife. Dessa maneira, o desfile que havia sido planejado como uma celebração acabou se transformando em uma homenagem chamada “Virgil Was Here”, a Virgil Abloh.

O criador da Off-White e designer norte-americano, que faleceu no último dia 28, vítima de um câncer, foi homenageado na marina Yacht Haven Grande, em Miami, em um desfile da LV (o estilista era diretor criativo da linha masculina da etiqueta). A coleção de verão 2022, lançada em junho deste ano em formato digital, foi apresentada presencialmente em memória e celebração à vida do estilista.

Dessa forma, a apresentação, que seria apenas a versão física do desfile que já aconteceu no digital, se tornou um lindo tributo à carreira de Abloh.

Virgil Abloh  era conhecido por ultrapassar os limites como o chefe da lendária casa de moda francesa, graças à sua curiosidade infantil e uma ânsia de instigar um senso de humor. Suas fusões inovadoras de streetwear e alta costura fizeram dele um dos mais celebrados formadores de opinião.

(Fotos: Reprodução / Getty Images)

Kim Kardashian, Kanye West, North West, Pharell Williams, NIGO e Bella Hadid estavam entre os rostos famosos que compareceram ao desfile. Assim, eles foram transportados em lanchas prateadas com monograma LV para a ilha isolada no porto de Miami.

Confira, em seguida, o vídeo do desfile:

 

O show incluía 72 looks desenhados por Abloh e mais 30 looks adicionais. Os modelos caminharam pela passarela exibindo a coleção que apresentava de tudo, desde roupas em tons de neon, até looks de neve com botas peludas.

Além disso, um conjunto elegante em preto fosco que lembrava o equipamento da SWAT – ternos de estilo militar verde-oliva com casacos cinturados –  foram um dos destaques na passarela.

Quanto às estampas, o tie-dye e o icônico logotipo quadriculado refeito em novos padrões de cores marcaram a apresentação.

(Fotos: LV)

Enquanto as roupas eram como Abloh – divertidas, coloridas e vibrantes – o clima era de tristeza.  Assim, tanto durante quanto após a apresentação, muitos na plateia enxugaram as lágrimas, levantando-se para se abraçar e se consolar.

Em primeiro lugar, a apresentação começou com a narração de Abloh falando sobre um retorno “às maravilhas da infância”. Enfim, terminou com membros da equipe de design de LV se reunindo para se despedir em lágrimas enquanto a voz de Virgil voltava sobre cordas crescentes:

“A vida é tão curta que você não consegue até mesmo perder um dia assinando o que alguém pensa que você pode fazer, em vez do que você pode fazer”.

 Ao final do desfile, tocou a canção brasileira “Tudo o que você podia ser”, composição de Lô Borges, interpretada pelo Quarteto em Cy. O evento também contou com o show da lendária cantora de soul Erykah Baduh.

“Com Sol e chuva / Você sonhava que ia ser melhor depois / Você queria ser o grande herói das estradas / Tudo que você queria ser...”.

(Foto: LV)

Por último, a Louis Vuitton apresentou uma impressionante estátua do designer na locação do evento, além de trazer fogos e drones com a frase “Virgil Was Here” (“Virgil Estava Aqui”, em português) relembrando que o legado do estilista, um dos mais importantes da geração atual, continuará vivo eternamente. 

 


✔️ Produto adicionado com sucesso.