DarkSide, o grupo de hackers que rouba dinheiro dos ricos e doa para caridade

DarkSide, o grupo de hackers que rouba dinheiro dos ricos e doa para caridade

Por RODRIGO DHAKOR

De acordo com informações divulgadas pelo canal BBC, um grupo de hackers está doando dinheiro roubado para instituições de caridade.

O grupo é conhecido como DarkSide, e eles afirmam ter extorquido milhões de dólares de empresas e dizem que agora querem "tornar o mundo um lugar melhor".

Em um post recém publicado na dark web, o grupo divulgou recibos de U$ 10 mil (R$ 56 mil) em doações de Bitcoin para duas instituições de caridade. Uma das instituições que recebeu a doação, a Children International, afirma que não ficará com o dinheiro. 

(Recibo de impostos para a doação de U$ 10 mil - Foto Reprodução BBC)

"Se a doação estiver ligada a um hacker, não temos intenção de ficar com ela", anunciou um porta-voz da instituição.

Já o grupo salienta, "Achamos que é justo que parte do dinheiro que as empresas pagaram vá para a caridade. Por pior que você ache que nosso trabalho é, temos o prazer de saber que ajudamos a mudar a vida de alguém. Hoje enviamos as primeiras doações".

A outra instituição que recebeu a doação foi a The Water Project, que trabalha para melhorar o acesso à água potável na África Subsaariana. Ao ser procurada a instituição não respondeu sobre o caso.

(Recibo postado na dark web mostrando uma doação de U$ 10 mil - Foto Reprodução BBC)

O grupo é relativamente novo, mas uma análise do mercado de criptomoedas confirma que eles estão há um bom tempo extorquindo fundos das vítimas. Outras evidências sugerem que o grupo pode ter ligações com outros grupos cibercriminosos responsáveis por ataques de alto perfil a empresas, incluindo a Travelex, que foi atingida por um ransomware em Janeiro.