Mi Watch, o primeiro smartwatch da Xiaomi tem a cara do Apple Watch

Mi Watch, o primeiro smartwatch da Xiaomi tem a cara do Apple Watch

Por RODRIGO DHAKOR

Por Rodrigo Dhakor

Na terça-feira, 5 de novembro, a marca Xiaomi apresentou oficialmente seu primeiro smartwatch (idêntico ao design do Apple Watch), o Mi Watch, que já começa a chegar nas lojas na próxima semana.

O anúncio confirma a expectativa levantada quando a empresa chinesa divulgou as primeiras imagens do modelo e detalhes semelhantes ao modelo da Apple, como no tamanho da tela à presença da coroa na lateral. Até mesmo o sistema WearOS, do Google, ganhou modificações para ficar com o visual semelhante ao do Apple Watch.

(Foto fossbytes)

Mi Watch tem corpo quadrado, feito de alumínio. A parte que fica em contato com a pele é de cerâmica e também contém sensores de monitoramento. 

Seu processador é um Snapdragon 3100, algo que foi revelado pela Xiaomi recentemente, ele tem quatro núcleos com clock de 1,2GHz e um chip gráfico Adreno 304. Infelizmente, não foram revelados detalhes da bateria do aparelho, um ponto importante para vestíveis, mas a Xiaomi garante que terá uma grande duração. Talvez seja uma especificação guardada para chamar atenção no seu lançamento.

Entre os destaques de tecnologia em suas características, está o fato de trazer NFC, GPS, Wi-FI 802.11n e Bluetooth 4.2. O dispositivo promete gerar dados sobre suas noites de sono, calorias queimadas e rastrear todas as atividades físicas executadas durante o dia-a-dia.

O display é AMOLED de 1,78 polegadas e fica o tempo todo ligado, em modo de baixa energia. É possível realizar e receber chamadas direto do gadget, já que ele tem microfone e alto-falante. Detalhe é que ele nem precisa de um smartphone pra isso acontecer, já que o Mi Watch pode usar conexão 4G diretamente. 

(Foto Xiaomi)

O relógio inteligente promete durar cerca de 36 horas com uma única carga completa. Ele ainda vem com 1 GB de memória RAM e 8 GB de armazenamento interno. 

O Xiaomi Mi Watch já teve seu lançamento na China, trazendo uma opção com acabamento em alumínio. O preço do modelo foi fixado em US$ 185,00 (Aprox. R$ 741,00 . Cotação do Dólar em 13/11/2019). Menos da metade do preço do Apple Watch 5 mais barato.

O produto chinês também terá versão com vidro de safira e pulseira em aço inoxidável, prevista para chegar em Dezembro. O valor será de US$ 285,00 (Aprox. R$ 1.140,00. Cotação do Dólar em 13/11/2019).

As datas de lançamento valem para a China e, por enquanto, a Xiaomi não falou sobre a previsão de versões internacionais ou chegada oficial do Mi Watch em outros países.

Caso siga a mesma lógica de seus outros produtos, especulasse que os relógios devem estar presentes para o mundo todo no natal.

O relógio ainda não tem data para chegar ao Brasil, onde a companhia opera em parceria com a DL Eletrônicos, fundada no ano 2004, em Minas Gerais, pelo imigrante chinês Paulo Xu.