Sony encerra plataforma de streaming Vue

Sony encerra plataforma de streaming Vue

Por RODRIGO DHAKOR

Por Rodrigo Dhakor

O PlayStation Vueda Sony, um dos primeiros serviços a oferecer transmissão de TV ao vivo pela Internet, chegou ao fim no último dia 31 de Janeiro. O serviço lançado em Março de 2015, ofereceu durante esses anos conteúdo ao vivo e sob demanda de mais de 85 canais americanos. 

Ao longo dos anos, a plataforma se expandiu pelos Estados Unidos ao adicionar mais canais, mais estações locais e recursos como visualização multicanal na mesma tela, entre outras inovações.

(Foto Getty Images)

Mas o Vue não conseguiu alcançar um público mais amplo, apesar - ou talvez por causa - de sua integração com o sistema Sony em dispositivos PS3 e PS4.

A decisão da Sony de nomear o serviço "PlayStation Vue" não ajudou em nada a perspectiva da marca. Muitos consumidores dizem que o erro se deu por conta do serviço ser algo disponível apenas para os proprietários de consoles PlayStation.

No entanto e na verdade, devido à imensa concorrência desde o seu lançamento contra outros serviços, como o YouTube TV, o antigo DirecTV Now da AT&T, o serviço de TV Hulu e o Sling da Dish Network, o PlayStation Vue nunca decolou, chegando a cerca de 800.000 assinantes enquanto o Sling - o mais popular serviço de streaming de TV - tinha cerca de 2,4 milhões de assinantes. 

Outro motivo de seu "fracasso" pode ser a preferência das pessoas por serviços tradicionais a cabo e por satélite em vez de transmissão de TV ao vivo pela Internet. De acordo com a empresa de pesquisa eMarketer.

Então a partir da sexta-feira (31), seus usuários terão que procurar uma nova maneira de transmitir suas redes a cabo favoritas. A Sony explicou que fechou o Vue por causa do aumento dos custos de conteúdo e disse que preferia se concentrar em seu principal negócio de jogos.

O Vue estava disponível como um aplicativo conectado à Internet para vários dispositivos, incluindo RokuAmazon Fire TV, Apple TV e os próprios consoles PlayStation da Sony. O pacote mais barato para algumas dezenas de canais e um DVR custava para o consumidor US $ 49,99 por mês.

O aumento desses serviços é causado por pessoas que desejam alternativas mais baratas à TV a cabo ou por satélite. Mas os preços dos acordos de licenciamento de programação continuam a subir e as empresas estão repassando os preços aos clientes, o que está levando a aumentos de preços. O Hulu anunciou dois aumentos de preços para seu serviço de TV ao vivo no ano passado.

Mais pessoas ainda estão usando serviços antiquados de cabo e satélite, em vez do que os novos concorrentes de streaming estão oferecendo. A eMarketer estima que o número de domicílios americanos com TV paga no ano passado foi de 86,5 milhões, enquanto os que possuem outros pacotes chegaram a 9,1 milhões.