Virgil Abloh diz que "streetwear irá morrer em breve" e prevê o que está por vir

Virgil Abloh diz que "streetwear irá morrer em breve" e prevê o que está por vir

Por Felipe Bichara

Por Matheus Castro

Em uma entrevista recente à revista Dazed, Virgil Abloh discutiu uma infinidade de tópicos, desde a icônica foto de grupo de 2009 com Kanye West até o seu trabalho atual na Louis Vuitton. Mas são os comentários dele sobre o futuro do streetwear que realmente chamaram nossa atenção.

Quando perguntado o que acontecerá com o streetwear na década de 2020, ele disse: “Eu definitivamente diria que ele vai morrer, sabe? Na minha opinião, quantas camisetas mais podemos ter, quantos moletons, quantos tênis? ”Segundo Abloh, a próxima década será toda sobre moda vintage:“ Há tantas roupas legais que estão na moda em lojas vintage e é só usá-las.”

Olhando para a foto da semana de moda de Tommy Ton em 2009 com Kanye e o músico Fonzworth Bentley, Abloh considera que “previu a ideia da democratização da moda”. Ele continuou: “É como aquelas citações inspiradoras que dizem, você sabe, 'Você se divertiu e depois, no futuro, todos adotaram o que anteriormente estavam tirando sarro '. ”

Ele também refletiu sobre sua nomeação como diretor artístico na linha de moda masculina da Louis Vuitton. “Como um jovem garoto negro de Rockford, Illinois, de pais imigrantes de Gana, na África Ocidental, isso era praticamente impossível, sabe? Tipo, categoricamente não vai acontecer na vida."

"Eu pensei que a moda era uma daquelas indústrias que reforçariam as pessoas que acham que 'Isso não é para você. Se você não tem essa camisa, não está no clube ", continuou ele.