A rainha da p**** toda: Beyoncé chega chegando nesse mês de abril

A rainha da p**** toda: Beyoncé chega chegando nesse mês de abril

Por CONVIDADO THE GAME

por: Beatriz Partington

Seria injusto dizer que Beyoncé Giselle Knowles-Carter é cantora. A mulher é uma artista gigante, além de compositora, premiada dentro e fora da música e ainda levanta, com força total, muitas bandeiras através da sua arte.

Nesse mês, que ainda nem chegou na metade, duas notícias vieram trazer aquelas borboletas no estômago para os fãs desse mulherão, anunciando a volta da linha Ivy Park em uma parceria com a adidas e um documentário exclusivo pela Netflix, chamado de Homecoming

Para quem ainda não conhece, Ivy Park foi a linha de sportswear criada em 2016 em parceria com a rede de fast fashion Topshop que agora será relançada pela gigante adidas. Muito mais do que os produtos que sairão dessa união, o posicionamento das duas partes dessa colaboração são discutidas. Em paralelo à isso, foi divulgado que a artista recusou ofertas de marcas como Jordan, Under Armour e principalmente Reebok por falta de representatividade interna dessas marcas, alegando que a equipe não traduzia sua história de vida e trajetória. A marca respondeu as notícias dizendo que não é verdade mas vale sempre ficar de olho, ainda mais quando falamos de artistas e marcas super engajadas em diversas causas. 

E, falando também em causas, a apresentação de Queen B no Coachella de 2018 virou um documentário, produzida pela também gigante Netflix. O primeiro trailer foi divulgado nessa semana e mostra muito além da super produção de um show marcante por ter trazido como atração principal uma mulher negra, mas um momento importante para sua carreira e para uma legião de fãs que se sentiram ainda mais representados misturados de momentos com a família, como mãe, mulher e esposa. Como se não fosse emoção bastante, o trailer traz a voz da incrível Maya Angelou, escritora e ativista negra, em uma inesquecível entrevista, dizendo: “O que quero fazer de verdade é ser uma representante da minha raça. Da raça humana. Tenho uma chance de mostrar que podemos ser gentis. Que podemos ser sábios e generosos. Tenho uma chance de ensinar, de amar, de rir… Sei que, quando eu terminar o que fui destinada a fazer, partirei deste mundo. E partirei sem medo ou receios. Eu me pergunto o que acontecerá, mas… Conte a verdade. Primeiro para si mesmo. E para as crianças”.

Pra quem ainda não viu, veja abaixo. E pra quem já viu mas quer se arrepiar de novo, aqui está:


✔️ Produto adicionado com sucesso.