O que você precisa saber sobre o novo sistema Nike Joyride?

O que você precisa saber sobre o novo sistema Nike Joyride?

Por RODRIGO DHAKOR

Por Rodrigo Dhakor

A Nike já havia revelado a chegada da nova tecnologia Joyride e na última  quinta-feira (25), anunciou o lançamento do tênis que ira estrear a novidade, o Nike Run Joyride Flyknit.

"Todo corredor sofre do mesmo problema: stress causado pelo movimento constante de 
contato forte dos pés com pisos mais duros. A gente sabia que, para resolver isso, 
precisávamos de um novo sistema de amortecimento." Will Moroski, gerente sênior da linha de produtos Nike Running.

(Foto Nike)

"Foram anos e anos de inovação para criar isso pensando em que precisávamos facilitar a corrida para os corredores", disse o diretor global de produtos para calçados, Kylee Barton.

 

A engenharia das cápsulas que abrigam as bolinhas também ajudou a resolver o problema das bolinhas migrando muito ao redor do pé e tornando-se desconfortáveis. Com as cápsulas, os designers da Nike conseguiram criar uma área de ajuste para cada interação do Nike Joyride.

As bolinhas são distribuídas nas cápsulas para corresponder a área de ajuste que se alinha às necessidades de desempenho de pontos específicos de cada passada. Por exemplo, se houver um total de 10 mil bolinhas, cerca de 50% das bolinhas cobrirão o impacto do calcanhar, enquanto 5% oferecerão amortecimento no dedo do pé.

De acordo com a fabricante, a construção do modelo de estreia permite que a espuma se expanda em todas as direções, propriedade chamada de deslocamento multidimensional. A plataforma cria uma sustentação dinâmica para os pés, que se ajusta à anatomia de cada corredor e se transforma numa solução de amortecimento personalizado.