Bottega Veneta causa revolta nas redes sociais após after-party em Berlim

Bottega Veneta causa revolta nas redes sociais após after-party em Berlim

Por Matheus Castro

A Bottega Veneta causou polêmica e revolta nas redes sociais neste último final de semana, após organizar uma after-party na cidade de Berghain (Berlim) para celebrar a coleção "Salon 02" de outono/inverno 2021. 

O evento aconteceu na Soho House, famosa boate hedonista que havia fechado suas portas desde março do ano passado por conta da pandemia da Covid-19. Hoje, enquanto enfrenta uma terceira do coronavírus, Berghain segue rigoroso lockdown com toque de recolher às 21h. Entretanto, as restrições não impediram que celebridades internacionais voassem até o lugar. Virgil Abloh, Skepta, Burna Boy, Slowthai e Honey Dijon foram alguns dos nomes que apareceram para prestigiar a marca italiana e festejar. 

 

 

 

 

Em sua coleção de primavera/verão 2021 "Salon 01" no final do ano passado, a Bottega deu início a novo formato de apresentação onde a localização do desfile é secreta. Tal estratégia de comunicação enigmática ajudou a fomentar a intriga em torno de seus desfiles mais recentes. O mistério aumentou ainda mais depois que a marca saiu das redes sociais no início de 2021.

A mídia social representa a homogeneização da cultura. Sinto que todos veem constantemente o mesmo fluxo de informações. Como criativo, acho isso muito limitante ”, afirmou o diretor criativo da Bottega Daniel Lee. No entanto, agora a estratégia parece ter outro propósito: servir de escudo para eventuais críticas e fuga de responsabilidade por ações. 

Brenda Weischer, fundadora da marca Disruptive Berlin, foi ao Instagram para comentar o caso: “Estamos presos em Berlim desde novembro. A Bottega Veneta teve uma produção gigante em Berghain por vários dias (justo), mas eu continuo ouvindo sobre after house e after-parties lá e na Soho House”. Assim como muitos berlinenses, Weischer ficou chateada com rumores de que celebridades foram trazidas de vários “países vermelhos” e que, em alguns casos, a quarentena de cinco dias não foi respeitada.  


✔️ Produto adicionado com sucesso.