Como Marcas de Moda Estão Encorajando Pessoas a Votarem nas Eleições Norte-Americanas

Como Marcas de Moda Estão Encorajando Pessoas a Votarem nas Eleições Norte-Americanas

Por Matheus Castro

Há menos de um mês para as eleições presidenciais estadunidenses, diversas marcas de moda e designers estão se mobilizando para conscientizar e encorajar os americanos a votarem. Muitos se uniram à organizações como a Rock The Vote, I Am a Voter e When We All Vote, que ajudam os clientes a se registrarem e oferecem as ferramentas necessárias para votarem. Outros criaram suas próprias coleções ou peças inspiradas nas eleições com lucros sendo doados a diversas organizações. Abaixo, você confere as marcas que estão encorajando as pessoas a votarem nas eleições Norte-Americanas:

Pyer Moss

Expandindo o trabalho da marca voltado para a comunidade, a Pyer Moss lançou uma plataforma política, Exist to Resist, que apoiará organizações de justiça social por meio de produtos de caridade. Em seu primeiro lançamento, a marca se juntou à Sean John para atualizar a camiseta “Vote or Die” de P. Diddy de 2004 e encorajar o registro de eleitores antes da eleição presidencial de novembro. 

A frente da camiseta branca diz "Vote or Die / For Real This Time!" enquanto o verso é impresso com gráficos abstratos e a frase “A PROMESSA DA AMÉRICA” em letras vermelhas. Todo o dinheiro arrecadado com a camisa será doado para a "Rock the Vote", uma organização sem fins lucrativos dedicada a engajar os jovens na política.

Estamos em um momento crucial e o mundo está assistindo. Aqueles na linha de frente que estão desafiando os males que potencialmente afetam nosso futuro representam o melhor de nós ”, disse o fundador da Pyer Moss, Kerby Jean-Raymond, em comunicado. “Nossos papéis como criativos estão evoluindo para identificar essas vozes, amplificar seus esforços e ajudá-los onde podemos. Nossa existência coletiva é resistência”, acrescentou, explicando as origens da Exist to Resist.

 

Dover Street Market

O Dover Street Market está causando grande impacto por meio de uma parceria com a organização apartidária e sem fins lucrativos de Michelle Obama, When We All Vote (WWAV), para incentivar o registro eleitoral. A varejista de luxo com sede em Nova York e Los Angeles criou uma lista altamente influente de marcas, artistas e designers norte-americanos - todos os quais possuem um total de 225 milhões de seguidores apenas no Instagram - para ampliar a mensagem do WWAV com mercadorias selecionadas. Todas as colaborações - com nomes como Marc Jacobs, Off White, Cactus Plant Flea Market, Stüssy, Hood by Air e outros tiveram 100% dos lucros doados ao WWAV.

"When We All Vote tem a missão de mudar a cultura em torno do voto, o que significa explorar as marcas da moda que as pessoas amam", disse o vice-presidente de comunicação e cultura da WWAV. "Não poderíamos estar mais orgulhosos de fazer parceria com o Dover Street Market e esta impressionante comunidade de designers para aumentar a conscientização sobre a importância de se registrar e votar em todas as eleições." 

 

 

Brandon Maxwell

O designer americano Brandon Maxwell trocou sua assinatura rosa por uma coleção cápsula vermelha, branca e azul. Em homenagem ao dia de registro de eleitores, Maxwell colaborou com o estúdio de bordados personalizados Fort Lonesome - de sua cidade natal, Austin - Texas - em uma linha patriótica que apresenta suéteres brancos bem como bordados "Voted!" e uma camisa de botão listrada de mangas volumosas em vermelho e azul. E como se essa coleção não fosse patriótica o suficiente, a receita das vendas da coleção será doada à organização sem fins lucrativos One Million Of Us, que promove jovens a se registrar para votar. 

Saks Fifth Avenue's

As vitrines da Saks Fifth Avenue's são uma marca registrada do cenário da moda de Nova York - e agora, a luxuosa loja de departamentos as usará para incentivar o voto. Até o dia 9 de outubro, as vitrines da marca usarão displays para destacar marcos de votação. As lojas da Saks também conterão cabines de votação onde os clientes podem se registrar para votar, verificar seu status de registro, solicitar cédulas de ausentes - que estarão disponíveis online - e ter suas perguntas relacionadas à votação respondidas pelos representantes do HeadCount. 

 

H&M

A gigante sueca da moda H&M juntou forças com vários artistas americanos para criar produtos de votação de edição limitada para sua linha Blanks, que chega online e nas lojas hoje no Dia Nacional de Registro de Eleitores. Feita para destacar a importância da comunidade e do direito de voto, a coleção traz peças com gráficos de Baron Von Fancy, Sheila Rashid, Sophia Chang, Greg Mike, Gunner Stahl, Joshua Vides e uma das próprias funcionárias da marca, Trevonne Deveaux.

Além disso, os clientes que visitam a loja agora podem verificar seu status de voto ou registrar-se para votar enviando uma mensagem de texto  HMVOTES para o número 26797, bem como ver recursos de votação no site da H&M, como parte de suas parcerias com a American Civil Liberties Union e I AM A VOTER. 

 

 

Michael Kors

Michael Kors está incentivando as pessoas a votarem na próxima eleição presidencial de 2020 com uma nova campanha, intitulada "YOUR VOICE MATTERS". E no ponto focal da iniciativa impactante do designer americano está uma camiseta e um suéter de edição limitada inspirada na votação, ambos os quais beneficiarão o Fundo de Defesa Legal e Educacional da NAACP, principal organização legal da América que luta pela justiça racial.

Nosso maior direito e privilégio como americanos é o direito de que nossas vozes sejam ouvidas”, diz Kors. "Votar é a melhor maneira de garantir que sua voz não seja perdida. Essas camisetas e suéteres são um lembrete para todos os americanos votarem e não permitirem que suas vozes se apaguem. É também uma oportunidade de arrecadar dinheiro para a justiça legal e social . " Exclusivos nos Estados Unidos, a camiseta e o suéter servem para reforçar a mensagem central da campanha: "Não importa quem você seja, sua voz e seu voto podem fazer a diferença." 

 

Believe in Better Collection

Um grupo de 19 designers americanos uniu forças para apoiar o ex-vice-presidente Joe Biden e sua companheira de chapa, Sen. Kamala Harris, em sua campanha presidencial, criando uma coleção chamada Believe in Better. A coleção inclui camisas de edição limitada, moletons, bolsas, lenços, máscaras e joias que apoiam a campanha de Biden projetada por nomes como Joseph Altuzarra, Thom Browne, Tory Burch, Jonathan Cohen, Carly Cushnie, Kathryn e Lizzie Fortunato, Victor Glemaud Prabal Gurung, Gabriela Hearst, Lazaro Hernandez e Jack McCollough de Proenza Schouler, Brett Heyman de Edie Parker, Aurora James dos irmãos Vellies, Thakoon Panichgul, Monique Pean, Joe Perez, Vera Wang e Jason Wu.

As peças de destaque da coleção incluem uma camiseta desenhada por Gurung que diz "Future Stronger in Color" escrita sobre uma bandeira americana e uma bolsa desenhada por Heyman que diz "Believe in Better" decorada com broches que dizem "Vote" e " Biden 2020.” As peças estão disponíveis para compra em store.joebiden.com e no varejo por $ 40 a $ 60. A coleção foi fabricada na América por trabalhadores sindicais. 

 

 

Levi's

Motivada por suas conversas recentes sobre a educação do eleitor e os direitos de voto, Hailey Bieber abordou a Levi's com a ideia de criar um Anúncio de Serviço Público especial para educar, encorajar e motivar a maior e mais diversa geração da história americana - um grupo de 70 milhões de jovens elegíveis eleitores - para discutir política, postar sobre as próximas eleições e votar. Em colaboração com o prolífico cineasta Oge Egbuonu, que conduziu pesquisas sobre frases de chamariz e dirigiu vídeos em movimento ambientados com a poesia falada da artista Jazmine Williams, Bieber e Levi's foram capazes de espalhar mensagens críticas em relação ao poder de voto e também revelar uma linha de roupas para cimentar ainda mais sua iniciativa.

"Eu tive a visão de montar uma bela e poderosa chamada à ação para educar e informar a próxima geração de eleitores, e para mim a Levi's parecia a equipe perfeita para fazer parceria nisso", disse Bieber. "Oge é uma força incrível e ela realmente me ajudou a dar vida à minha ideia. Esta eleição para mim é a mais importante da minha vida e estou na idade em que realmente entendo o impacto que minha geração e a próxima têm. A esperança com este apelo à ação é que incentive, eduque e inspire esta próxima geração a votar em novembro e a compreender porque é importante. "

 

 

GAP

A Gap se juntou a Stephennie Factor, artista e membro do Grupo de Rede Afro-Americana da Gap Inc., para uma coleção de edição limitada que inclui camisetas e máscaras com os dizeres "Stand United" e "Vote". As máscaras são vendidas por um pacote de três por US $ 18 e as camisetas por US $ 29,95. A marca também está realizando duas doações de US $ 25.000 para When We All Vote e Rock the Vote para ajudar a eliminar as lacunas de idade e raça nas urnas.

 

Prabal Gurung

Prabal Gurung lançou sua camiseta de Voto por $ 115, com 15% dos lucros sendo doados para o When We All Vote. “Ganhei meu direito de votar em 2016 e tenho orgulhosamente participado de todas as eleições anteriores desde então”, disse Gurung em um comunicado. “Eu acredito que este ato sagrado de democracia é um de nossos maiores poderes como americanos. A próxima eleição é um momento muito importante na história de nossa nação. Todos nós temos a capacidade de criar mudanças e progresso ao comparecer para votar e fazer nossas vozes serem ouvidas. Espero que esta iniciativa não apenas espalhe a consciência sobre a votação, mas lembre a todos que sua voz é importante e que eles são importantes. ”

Banana Republic

A Banana Republic está lançando máscaras com os dizeres “Vote for a Better Republic” como parte de sua iniciativa de registro eleitoral. A marca está se unindo à Rock the Vote para fornecer ferramentas educacionais aos eleitores para se prepararem para a eleição. As máscaras custam US $ 15, com US $ 5 de cada venda voltando para a organização. Além disso, a marca revelou sua campanha de outono, intitulada “Will Work for a Better Republic”.