Kid Cudi, Playboi Carti e Kanye West: confira o que rolou na estreia de Virgil Abloh no Menswear da Louis Vuitton

Kid Cudi, Playboi Carti e Kanye West: confira o que rolou na estreia de Virgil Abloh no Menswear da Louis Vuitton

Por Larissa Rocha

Por Larissa Rocha

Continuando suas apresentações no Paris Fashion Week, Virgil Abloh finalmente estreou como Diretor Criativo da linha masculina da Louis Vuitton. Após o anúncio do designer para a maison, muitas expectativas e dúvidas foram geradas em torno do que Abloh apresentaria e se inovaria seu estilo característico já conhecido em sua marca - Off-White -, pois bem, surpreendeu e muito.

O desfile show aconteceu na tarde de hoje, 21 de junho, no jardim do Palais Royal em Paris ao som de I Thought About Killing YouGhost Town - interpretado pela banda BADBADNOTGOOD - do novo álbum de Kanye West em uma passarela pintada de arco-íris degradê em tonalidades de azul, verde, amarelo, vermelho e finalizando com branco, fazendo a fusão de cores proposta por Virgil para apresentar a coleção intitulada como "COLOR THEORY".

O nome e ideia da coleção fazem referência a crença de Virgil que as cores são como metamorfose, isto é, como acontece nesse fenômeno, as cores também se transformam de uma em outra, se fundem e podem criar novas tonalidades delas mesmas ou diferentes. A proposta tomou isso como ideal e foi notória na passarela essa transição entre as cores e suas nuances.

O desfile iniciou com os monocromáticos do branco para o bege - será relacionado com a Off White? - com aparições de faixas, bolsos utilitários e correntes - em todo o desfile - e, posteriormente, começou a entrar as cores, o look com o lisérgico e a bolsa metalizada furta-cor vieram para dar início a parte colorida. Ao total 56 looks foram apresentados na passarela.

A coleção juntamente com a proposta, transitava em diversas cores fortes, pastéis, metálicos e estampas, entre elas os destaques foram o vermelho,bege, creme, palha,  preto, neons, estampas florais e tingidas. Os itens variavam em camisa, camisa oversized, sobretudo, casaco, calça, short,  moletom canguru, parka, camisa de botão, jaqueta, terno, crewneck, colete, trench coats, e acessórios clássicos como mala de mão, que também foram adaptadas como mochila, e bolsa de mão com correntes, luvas, cinto, cartucheira, óculos, tênis cano alto e sapato oxford.

Um ponto interessante em todo o desfile foi a escolha dos modelos, haviam amigos famosos de Virgil como Asap Nasty, Playboi Carti, Dev Hynes, Blondey McCoy e Kid Cudi, mas a escolha foi direcionada a apresentar um casting pan-étnico, isto é, uma mistura de etnias, mas a maior quantidade dos protagonistas foi concentrada em negros - será uma comemoração por Virgil ser o primeiro negro a dominar uma maison?-.

E no final, o momento triunfante, em que Virgil anda pela passarela e encontra seu amigo Kanye West - o mentor e quem acreditou no talento de Virgil desde o começo - em um abraço caloroso e repleto de lágrimas, provavelmente, porque o dia foi uma conquista de um dos seus maiores sonhos - comandar uma maison - acompanhados pelo amigo.

Entre os convidados de Virgil estava - além de Kanye West - Kim Kardashian, Kylie Jenner, Travis Scott, Rihanna, Asap Rocky e Takashi Murakami. Além dos famosos e personalidades da moda, Abloh convidou estudantes de moda para assistir o desfile. Os convidados ainda foram presenteados com uma camisa comemorativa do show, que alternava a cor de acordo com o assento.

A estréia dada por Virgil foi emocionante e trouxe aspectos familiares e diferentes do seu jeito de atuar como designer, mas uma coisa é certa, esse desfile vai ficar na memória e podemos dizer que, oficialmente, o streetwear invadiu o high fashion.

Assista o desfile completo abaixo:

 

Confira abaixo as fotos dos looks do desfile: