Supreme Lança Coleção Em Homenagem Ao Ícone Da Noite Leigh Bowery

Supreme Lança Coleção Em Homenagem Ao Ícone Da Noite Leigh Bowery

Por Matheus Castro

Para o lançamento da temporada de primavera 2020, a Supreme homenageou Leigh Bowery, um dos artistas mais performáticos e famosos de Londres na década de 80. Nascido na Austrália, Bowery usou seu corpo como tela para ultrapassar barreiras através da moda e arte disruptiva. 

Ele foi um dos personagens mais notáveis e andróginos da cena noturna alternativa em Londres por sua subversão e excentricidade. “Ele gostava de criar o caos ao seu redor e, com a Taboo (festa subversiva de Bowery), ele criou uma cena onde que não havia regras”, disse Boy George, seu amigo e admirador. 

Durante sua vida, Leigh Bowery desenhou figurinos e performou para companhia de dança de Michael Clark. Além disso, foi retratado por Lucian Feud, considerado um dos maiores pintores britânicos. Suas performances foram ficando cada vez mais grotescas e, em 1993, Bowery "deu à luz" à sua assistente e esposa Nicola Bowery, que saiu de um vestido coberto de gosma, usando salsichas como cordão umbilical. A Supreme escreveu: "Com todas as facetas de sua vida e obra, Bowery procura ser disruptivo e estimular". Em 2009, o artista serviu de inspiração para o desfile de Alexander Mcqueen

Aos 33 anos de idade, Leigh Bowery faleceu EM 1994 de complicações devido à AIDS. Apesar de jovem, o trabalho do artista australiano, designer de moda e personagem da vida noturna londrina, sobreviveu todos os estes anos e deixou um legado que pode ser encontrado em boates, galerias e passarelas.

A coleção da Supreme apresenta uma camisa de manga comprida, dois hoodies de moletom e uma camiseta com obras de Jim KrewsonFergus Greer e Michael Costiff.

Parte dos lucros arrecadados com o drop será doado para Visual AIDS, organização nova iorquina que dá suporte à artistas soropositivos e engaja problemas contemporâneos do HIV através da arte. Abaixo, você confere a coleção completa:

 

Fotos: Supreme