Amazon implementa sistema de pagamento com palma das mãos

Amazon implementa sistema de pagamento com palma das mãos

Por RODRIGO DHAKOR

Amazon está expandindo seu sistema de pagamento com digitalização de palma de mão para uma loja Whole Foods em Seattle, anunciou a empresa na quarta-feira (21), a primeira de muitas implementações planejadas em outros locais.

Amazon One, que estreou em Setembro e está atualmente em uso em cerca de uma dúzia de lojas físicas da Amazon, permite que os compradores paguem pelos itens colocando a palma da mão sobre um dispositivo de digitalização. Na primeira vez que os compradores usam o quiosque, eles precisam inserir um cartão de crédito para vinculá-lo à impressão palmar. Mas depois disso, os clientes podem pagar simplesmente colocando a mão sobre o quiosque.

 

Amazon One é diferente da tecnologia Just Walk Out da empresa, que permite aos compradores pegar itens e sair da loja sem passar por uma fila de caixa. No entanto, as duas tecnologias podem funcionar juntas, e a Amazon as emprega em suas lojas Amazon Go sem caixa.

A Amazon vai lançar inicialmente o Amazon One no Whole Foods no bairro Capitol Hill de Seattle, não muito longe da sede da empresa, antes de lançar o sistema em sete Whole Foods da área de Seattle nos próximos meses.

A tecnologia de digitalização da palma da mão será oferecida como apenas uma das muitas opções de pagamento nas lojas Whole Foods participantes, disse a Amazon, e não afetará as responsabilidades de trabalho dos funcionários da loja.

A Amazon adquiriu a rede de supermercados em 2017 por mais de U$ 13 bilhões.

A Amazon disse que espera vender a tecnologia de digitalização da palma da mão para outras empresas, como varejistas, estádios e prédios de escritórios. Em Setembro passado, a Amazon disse que estava em “discussões ativas com vários clientes em potencial”.

(Scanner Amazon One - Foto: Amazon / Divulgação)

Não está claro se a Amazon assinou algum acordo com terceiros interessados ​​em usar o sistema. A empresa diz que milhares de pessoas se inscreveram para usá-lo nas lojas da Amazon.

Como a Amazon buscou expandir e validar a tecnologia de digitalização da palma da mão como forma de pagamento, especialistas em privacidade e segurança também levantaram preocupações sobre os perigos de os clientes entregarem dados biométricos às empresas.

A Amazon afirmou que projetou o sistema para ser “altamente seguro” e que considera a tecnologia de digitalização da palma da mão mais privada do que outras alternativas biométricas, como o reconhecimento facial.


✔️ Produto adicionado com sucesso.