Banco Central lança serviço de iniciador de pagamento do PIX

Banco Central lança serviço de iniciador de pagamento do PIX

Por RODRIGO DHAKOR

O Banco Central (BC) regulamentou na última quinta-feira (22) o serviço de iniciação de transação de pagamento do PIX. O iniciador é a instituição que recebe autorização do usuário para realizar a transação entre outras duas instituições.

Atualmente, o cliente interessado em efetuar um pagamento por PIX em sites, apps de lojas online, redes sociais ou mensageiros precisa copiar os dados de um QR Code e sair da plataforma. Na sequência, ele deve abrir o app do seu banco e colar as informações lá para concluir a transação.

(Foto: Banco Central)

Mas com a figura do iniciador de pagamento instantâneo, não será mais necessário fazer este caminho, desde que a loja tenha aderido ao serviço. Uma tela da instituição financeira do usuário se abrirá na seção de pagamento da própria página ou app do comércio online, exigindo apenas a sua autenticação para finalizar a compra.

Os iniciadores poderão fazer as transferências a partir do dia 30 de Agosto, mas somente para as transações realizadas por meio de inserção manual (sem os dados da chave) ou com a chave PIX. Para outras maneiras de transferir a quantia, foi estabelecido um cronograma. Já em 30 de Setembro, o iniciador começará a preencher as informações automaticamente, enquanto no dia 1º de Novembro estará disponível o preenchimento por QR Code dinâmico ou estático.


✔️ Produto adicionado com sucesso.