Bitcoin passa por correção depois de forte alta nos últimos dias

Bitcoin passa por correção depois de forte alta nos últimos dias

Por RODRIGO DHAKOR

Depois de atingir a marca de U$ 40 mil na semana passada, o Bitcoin está passando por um movimento forte de correção nesta segunda-feira (11), tendo chegado a cair cerca 20% em reais na mínima do dia.

Por volta das 16h (horário de Brasília), a moeda operava no patamar dos U$ 30.500 (Aprox. R$ 167.050, na cotação de hoje). Já por  volta das 18h, a principal criptomoeda do mercado recuava por volta de 12% em R$, a U$ 33.251,10, (R$ 183.157,03).

O Bitcoin vem numa crescente forte desde o ano passado, tendo sido o melhor investimento de 2020, com rentabilidade acima dos 400% em R$. Logo no início de 2021, seu valor de mercado superou o do conglomerado Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffett.

(Foto Getty Images)

O interesse pela criptomoeda passou a aumentar depois que os investidores institucionais começaram a comprar em larga escala, apontando a como uma proteção contra a inflação.

Bank of America disse que a alta desenfreada da criptomoeda pode ser "a mãe de todas as bolhas" e comparou o movimento como o estouro das bigtechs chinesas nos anos 2000 e a compra de ouro nos anos 1970.

Estrategistas da J.P.Morgan, no entanto, disseram que o Bitcoin "emergiu como um rival do ouro" e pode ser negociado por até U$ 146.000, se for estabelecido como um ativo porto-seguro.


✔️ Produto adicionado com sucesso.