Cão-robô reforça medidas de distanciamento social em parques de Cingapura

Cão-robô reforça medidas de distanciamento social em parques de Cingapura

Por RODRIGO DHAKOR

Um cão robô está sendo usado para reforçar as recomendações de distanciamento social entre os frequentadores de parques de Cingapura durante a quarentena em função do coronavírus.

A nação de 5,7 milhões de pessoas tem mais de 21.000 casos, um dos mais altos da Ásia, devido o contágio em massa entre trabalhadores migrantes que vivem em dormitórios apertados em áreas pouco visitadas por turistas.

A máquina quadrúpede de controle remoto chamada "SPOT", educadamente pede para que corredores e ciclistas fiquem separados durante suas atividades nos espaços verdes da cidade.

(Foto Reuters)

O robô, construído pela Boston Dynamics e adotado pelas autoridades de Cingapura para ajudar a conter a propagação da COVID-19, foi implantado pela primeira vez em um parque central na sexta-feira (08), e faz parte de um teste de duas semanas que se der certo terá outros robôs policiando os espaços verdes do país durante as medidas de segurança local.

 

"Vamos manter Cingapura saudável", diz o robodog SPOT em inglês, enquanto anda pelos perímetros.

"Para sua própria segurança e para os que estão ao seu redor, afaste-se pelo menos um metro. Obrigado", acrescenta uma voz feminina de tom suave.

Mas apesar das gentilezas prestadas pelo robô, as violações das rígidas regras de isolamento de Cingapura podem resultar em multas pesadas e até prisão.

De acordo com as regras aplicadas até 1º de Junho, os residentes só podem deixar suas casas para atividades essenciais, como compras em supermercado, e devem usar máscara o tempo todo em público. Exercício ao ar livre é permitido, mas deve ser feito sozinho.

Outro robô, na forma de um carro pequeno, foi implantado em locais próximos para alertar os visitantes "para que não demorem nos locais" e para que se lembrem que "aglomerações não são permitidas".

Além de transmitir as mensagens aos residentes, "SPOT" é equipado com câmeras e ferramentas de análise para estimar o número exato de pessoas presentes nos locais de patrulhamento.