Como conseguir convite para o Clubhouse

Como conseguir convite para o Clubhouse

Por RODRIGO DHAKOR

O Clubhouse, nova rede social baseada em conversas por voz, ganhou fama quando passou a ser usado pelo bilionário Elon Musk na semana passada. Como por enquanto o aplicativo é exclusivo para iPhones e limitado a pessoas que receberam um convite, há muita gente ansiosa para participar.

No Brasil, é possível achar convites por até R$ 279 com vendedores do Mercado Livre. A cobiça por aqui ganhou mais força neste final de semana, após o diretor do "Big Brother Brasil", José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho, conversar sobre o reality show no app.

Entre 30 de janeiro a 6 de fevereiro, as buscas por Clubhouse no Google saltaram 525% em relação à semana anterior. No Twitter, o termo está há dias nos "trending topics" do país.

Outras celebridades internacionais que estão usando o aplicativo são Oprah Winfrey, Kevin Hart, Virgil Abloh, Drake, Chris Rock e Ashton Kutcher.

Quem tiver um iPhone e receber um convite pode se cadastrar na plataforma e acessar diversas salas de bate-papo. Nelas, não é possível enviar fotos ou vídeos: apenas ouvir e falar. Há salas sobre os mais variados temas e você pode entrar e sair delas a qualquer hora.

 

(Foto Reprodução)

A participação é apenas em tempo real, não se pode reproduzir áudios antigos, como em uma conversa de WhatsApp ou Telegram. Nas salas menores, todos os participantes podem ficar com o microfone aberto. Lembre-se de pausá-lo quando estiver falando outra coisa ou em um ambiente com muito barulho.

Funciona como uma chamada de voz normal: não é preciso apertar nada para falar. Nas maiores salas, há moderação e é preciso "levantar a mão" para falar, por meio de um emoji, a participação pode ser negada. É como uma palestra ou podcast, que pode ter até 5 mil ouvintes simultâneos.

Há eventos marcados e até "programas" fixos, com dia e hora para acontecer, como o "The Good Time Show", que teve a inesperada participação de Elon Musk no dia 31 de Janeiro para falar sobre seu interesse por criptomoedas, os planos de colonização de Marte e distribuição de vacinas.

Dá para criar chats privados, de tema livre, para falar apenas com seus contatos. Como moderador, você controla quem pode falar e quem apenas escuta. Dá até para definir que você seja o único permitido a falar.

Assim, o Clubhouse pode ser usado para os mais diversos fins: uma aula online, uma reunião de trabalho, uma missa, uma consulta ou até para comentar "ao vivo" com seus amigos sobre um filme. É proibido gravar as conversas e elas não ficam armazenadas pelo app.

O Clubhouse foi em lançado em Março de 2020 por Rohan Seth, ex-funcionário do Google, e Paul Davidson, empresário do Vale do Silício, como um "novo tipo de produto social baseado na voz, que permite que pessoas de todos os lugares falem, contem histórias, desenvolvam ideias e criem amizades ao redor do mundo".

Quer um convite? 

Para participar, é necessário baixar o aplicativo na Apple Store e fazer um cadastro na lista de espera. Sua entrada só será liberada caso um outro usuário, sincronizado à sua rede de contatos, permita (cada membro tem direito a dois convites). Com a explosão da rede, alguns membros têm sorteado ou vendido seus convites para desconhecidos.


✔️ Produto adicionado com sucesso.