Jeff Bezos diz estar feliz em perder clientes e defende posição da Amazon sobre Black Lives Matter

Jeff Bezos diz estar feliz em perder clientes e defende posição da Amazon sobre Black Lives Matter

Por RODRIGO DHAKOR

CEO da AmazonJeff Bezos, diz que está "feliz em perder" clientes depois que divulgou seu apoio ao movimento Black Lives Matter.

Bezos, criticou recentemente um cliente quando este anunciou que não encomendaria na plataforma de comércio eletrônico devido à posição de Jeff Bezos no amplo movimento anti-racismo. 

O executivo disse também que recebeu "várias respostas doentias, mas não surpreendentes" depois de apoiar publicamente o movimento Black Lives Matter em suas contas nas redes sociais. 

Ao postar uma captura de tela do Instagram no domingo, Bezos disse: "Esse tipo de ódio não deve ficar escondido nas sombras… É importante torná-lo visível. Este é apenas um exemplo do problema. E, Dave, você é o tipo de cliente que fico feliz em perder".

 

 

 

(Foto Getty Image)

 

A mensagem foi em resposta a outra de um cliente, que dizia estar cancelando seu pedido depois de ver que o CEO apoiava o movimento Black Lives Matter. "Eu estava fazendo um pedido para sua empresa quando descobri sua declaração em apoio ao Black Lives Matter", escreveu o cliente. "Mantenha sua postura e veremos seus lucros declinarem e rirem disso. Meu relacionamento comercial com você acabou", finalizou.

"O tratamento desigual e brutal de negros e afro-americanos é inaceitável", escreveu a Amazon em um post no blog. "Acreditamos que vidas negras são importantes. Temos solidariedade com nossos funcionários, clientes e parceiros negros, e estamos comprometidos em ajudar a construir um país e um mundo onde todos possam viver com dignidade e livres de medo"

Outro post do Instagram revela um e-mail de uma mulher que considerou o site com "vidas negras importantes" meio "ofensivo". Bezos respondeu: "Eu apoio esse movimento que vem acontecendo ao nosso redor, e minha posição não mudará".

O fundador da Amazon se juntou a muitos outros executivos que estão se manifestando em resposta às questões de racismo e brutalidade policial. O movimento Black Lives Matter levou muitos outros executivos a se oporem ao racismo. Alexis Ohanian, co-fundador do Reddit, recentemente renunciou ao conselho de administração em favor de um candidato negro. Ohanian também prometeu usar lucros futuros em suas ações do Reddit para "servir a comunidade negra". 

CEO indiana da Microsoft, Satya Nadella, também foi ao Twitter nos últimos dias para destacar as declarações dos funcionários negros da gigante da tecnologia.