Novo sistema do Google transforma smartphones em detectores de terremotos

Novo sistema do Google transforma smartphones em detectores de terremotos

Por RODRIGO DHAKOR

Google anunciou no último dia 11 de Agosto, que colocou em funcionamento um sistema de alerta de terremotos para celulares com Android. Usuários de qualquer parte do mundo podem permitir que seus smartphones façam parte de uma rede de detecção de abalos sísmicos.

Desenvolvido em parceria com o estado da California e com o U.S. Geological Survey, o sistema cria avisos de terremoto em vários smartphones que habilitaram a localização e estão próximos de um terremoto de magnitude 4,5 ou mais, dando dicas como se jogar no chão ou procurar um local coberto.

Na tela de aviso do sistema de terremotos desenvolvido pela Google haverá informações como estimativas da magnitude do terremoto e a distância que o usuário está do epicentro. O alerta se baseia no tremor de um local específico e as pessoas podem recebê-lo alguns segundos ou até minutos antes do terremoto ocorrer no local.

(Foto Google)

A informação do aviso vem do sistema ShakeAlert da California, que é alimentado através de sinais detectados por mais de 700 sismômetros instalados em todo o estado.

Para ter acesso ao sistema de alerta de terremotos não será necessário realizar o download de nenhum aplicativo caso a pessoa possua um celular com sistema operacional Android (os usuários da Apple precisarão baixar o app MyShake).

"Este anúncio significa que o sistema de alerta precoce de terremotos de classe mundial da Califórnia será uma função padrão em todos os telefones Android - dando milhões de segundos preciosos para largar, cobrir e segurar quando o grande golpe chegar", diz Gavin Newson, governador da California.

 

Outros detalhes sobre o funcionamento do novo sistema de terremotos da Google está presente no site da empresa. De acordo com o engenheiro de software da Google, Marc Stogaitis:

"Seu telefone Android pode ser um minissismômetro, juntando-se a milhões de outros telefones Android para formar a maior rede de detecção de terremotos do mundo".

Inicialmente a Google planeja exibir as informações rápidas e precisas sobre os terremotos pelo seu site de pesquisa. Porém, a empresa afirma que no ano que vem pode começar a enviar alertas de terremoto para os celulares de forma automática.


✔️ Produto adicionado com sucesso.