Twitter agora permite Live Photos como GIFs no iOS

Twitter agora permite Live Photos como GIFs no iOS

Por RODRIGO DHAKOR

Por Rodrigo Dhakor

Na última quarta-feira (11), o Twittermicroblogging, que permite aos usuários enviar e receber atualizações pessoais, anunciou que acaba de disponibilizar o suporte que permite o recurso de Live Photos dentro da plataforma iOS.

Agora, os usuários de dispositivos da Apple podem postar fotos com movimento geradas, por exemplo, em funções encontradas no iPhone sem precisar recorrer a outros serviços para convertê-las em Graphics Interchange Format, mais conhecidas como GIFs. O recurso já está disponível em aparelhos da Apple há 4 anos.

Antes da novidade, as postagem das Live Photos na plataforma não eram permitidas. Todas as vezes que o usuário tentava fazer o upload de um arquivo deste tipo a rede social transformava o conteúdo em uma imagem estática, como se fosse uma foto comum.

(Foto 9to5mac)

Dessa forma, muitos acabavam procurando uma solução em aplicativos para converter Live Photos em GIFs e então realizar a postagem na rede de microblogs ou simplesmente deixando de mostrar o registro feito para os seguidores, devido à incompatibilidade.

Give the gift of GIFs. You can now upload your iOS Live Photos as GIFs anywhere you upload photos on Twitter. pic.twitter.com/D8TIfsBwyd

— Twitter (@Twitter) December 11, 2019

Agora, com a liberação da ferramenta do iOS, é possível postar qualquer imagem animada guardada no rolo da câmera do iPhone, de maneira fácil e rápida, assim como fazemos com as fotos convencionais, já que a conversão para GIF passa a ser nativa e automática.

(Foto 9to5mac)

Para postar Live Photos no Twitter basta seguir basicamente o mesmo caminho que você já faz para enviar imagens comuns. A diferença é que o usuário deve tocar no ícone do GIF, no canto inferior esquerdo do aplicativo, e selecionar a foto animada em seu álbum. A conversão é realizada pelo próprio app e o GIF fica disponível logo em seguida.

A novidade deve ser distribuída aos poucos e, em breve, deve chegar também ao Android.