Walmart se une à Microsoft para comprar TikTok

Walmart se une à Microsoft para comprar TikTok

Por RODRIGO DHAKOR

A rede Walmart confirmou recentemente que se juntou à Microsoft para fazer uma oferta de compra das operações do TikTok nos Estados Unidos.

Em nota, a empresa disse que a potencial aquisição seria uma forma de atingir novos clientes através de sua estratégia omnichannel e afirmou estar confiante em atender todas as expectativas dos reguladores com a compra.

"Estamos confiantes de que uma parceria entre o Walmart e a Microsoft atenderia às expectativas dos usuários do TikTok nos Estados Unidos e, ao mesmo tempo, atenderia às preocupações dos reguladores do governo", disse a gigante varejista.

"Acreditamos que um relacionamento potencial com a TikTok US em parceria com a Microsoft poderia adicionar esta funcionalidade chave e fornecer ao Walmart uma maneira importante de alcançar e atender clientes, bem como expandir nossos negócios de publicidade".

Segundo a imprensa americana, a possível aquisição da rede social chinesa pela Walmart seria uma estratégia de rivalizar diretamente com a AmazonA gigante confirmou em Fevereiro os planos de lançar um serviço baseado em assinatura chamado Walmart +, semelhante ao Amazon Prime

(Foto Reprodução)

O programa custaria em torno de US $ 98,00 por ano (R$ 520,70), incluindo serviços de entrega de produtos no mesmo dia e descontos em combustíveis nos postos de gasolina do Walmart.

Com o anúncio, o Walmart se junta a várias outras empresas que já tiveram seus nomes envolvidos nas negociações de venda do TikTok nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Netflix, Alphabet, controladora do Google, Twitter e Apple também já foram apontadas como possíveis compradoras da rede social chinesa.

Até o momento, a Oracle e a própria Microsoft são as empresas que estão mais próximas de adquirir o TikTok. Fontes relataram à CNBC que a compra deve ser finalizada nos próximos dias, com o valor final girando em torno US $ 20 bilhões a US $ 30 bilhões.