WWDC 2022: confira os principais destaques do evento da Apple

WWDC 2022: confira os principais destaques do evento da Apple

Por RODRIGO DHAKOR

A conferência anual para desenvolvedores da Apple, a WWDC, trouxe novos sistemas operacionais para iPhone, iPad, Apple Watch e Mac. O evento aconteceu de forma digital na segunda-feira 6, com transmissão de vídeos gravados anteriormente pela companhia.

 

Neste ano, ganharam destaque no evento a integração entre diferentes dispositivos (iPhone e Mac, iPad e Mac) e a unificação de sistemas (iOS inspirado no watchOS, macOS com visual de iOS).

Além disso, a Apple reservou as quase duas horas de apresentação para também apresentar o novo MacBook Air, que ganhou um visual inspirado no iMac de 24 polegadas revelado no ano passado. O laptop recém-apresentado, ainda, conta com o novíssimo chip M2, continuação mais potente do M1, de 2020.

iOS 16: nova tela de bloqueio

A nova interface da lockscreen do iOS 16 é a maior mudança nessa tela desde a criação do iPhone, em 2007. Inspirada no modelo do Apple Watch, o smartphone permitirá que o usuário personalize as cores, tipografia e widgets na tela inicial do sistema. Também haverá notificações interativas, como acompanhar a corrida de Uber pela tela ou o placar de partidas esportivas.

No iOS 16, tela de bloqueio do iPhone poderá ser customizada pelo usuário
(No iOS 16, tela de bloqueio do iPhone poderá ser customizada pelo usuário - Foto: Divulgação / Apple)

Novo MacBook Air

O novo laptop ultrafino da empresa ganhou um novo design, inspirado no iMac de 24 polegadas: formato quadrangular e quatro cores disponíveis para compra (preto, branco, dourado e azul-marinho). A máquina traz de volta o carregador MagSafe (que se pluga com ímã) e entrada para fone de ouvido — algo que o iPhone dispensa desde 2016. No Brasil, o preço sai entre R$ 13,3 mil e R$ 26,5 mil na configuração mais potente.

Novo MacBook Air tem novo visual e novo processador
(Novo MacBook Air tem novo visual e novo processador - Foto: Divulgação /Apple)

O superchip M2

A chegada do chip M2, que estreia no novo MacBook Air e em modelos antigos de MacBook Pro, turbina o processamento dos computadores da empresa. Embora sejam menos potentes que o M1 Pro e M1 Max apresentados no ano passado, o semicondutor aumenta a eficiência energética dos laptops da empresa, quando comparados com a geração anterior. Segundo a Apple, o novo chip tem CPU mais rápida em 18% e processamento gráfico mais potente em 35%, ante o M1, revelado em 2020.

Chip M2 é o sucessor mais poderoso e eficiente do M1, apresentado em 2020 para computadores Mac
(Chip M2 é o sucessor mais poderoso e eficiente do M1, apresentado em 2020 para computadores Mac - Foto: Divulgação / Apple)

iPhone como webcam no Mac

Como se fosse mágica, o iPhone poderá servir de webcam no Mac, segundo a Apple. A façanha acontecerá pelo recurso de Continuidade, projeto de longa data da empresa para simplificar e unificar os sistemas e dispositivos da marca. A companhia garante que não será necessária a instalação de aplicativos adicionais nem o uso de cabos para usar o smartphone como câmera em videoconferências — basta realizar a chamada, posicionar o aparelho e pronto.

Câmeras do iPhone poderão ser utilizadas como webcam do Mac por meio de conexão Bluetooth

(Câmeras do iPhone poderão ser utilizadas como webcam do Mac por meio de conexão Bluetooth - Foto: Divulgação / Apple)

App Freeform

No fim deste ano, um novo aplicativo nativo do sistema deverá chegar no iPhone, iPad e Mac: o Freeform. O app atuará como uma lousa digital colaborativa, em que anotações, desenhos, links de websites e outras informações poderão ser compartilhadas com outros usuários.

Métricas para corridas

No Apple Watch, o aplicativo de Exercícios turbinou as atividades de corridas — uma das mais tradicionais do relógio inteligente, apresentado em 2014. Com os sensores já existentes nos dispositivos, novos parâmetros vão ser registrados pelo dispositivo, como gasto de energia pelo movimento vertical do corpo e zonas de gasto calórico a partir da frequência cardíaca. Haverá novos modos de personalização de exercícios, além das configurações pré-estabelecidas pelo dispositivo — a Apple promete usar aprendizado de máquina para instruir melhor o atleta durante a atividade.

 

Hora do remédio

Continuando a aposta em soluções para a área de saúde, a Apple aprimorou a criação de lembretes personalizados para diversos tipos de medicamentos. A câmera do iPhone poderá ser utilizada para escanear a embalagem e criar uma tela de alertas automaticamente. E caberá ao aplicativo de Saúde, presente no iOS, armazenar o histórico de uso.

Apple torna mais fácil a adição de lembretes para remédios, com interface própria
(Apple torna mais fácil a adição de lembretes para remédios, com interface própria - Foto: Divulgação / Apple)

Multitarefas

O iPad e o Mac terão uma nova forma de visualizar aplicativos. O Stage Manager permite deixar de lado diversas janelas, agrupá-las por tema ou tipo de app e colocá-las na lateral da interface. Essa é também a primeira vez que o tablet da empresa terá janelas de aplicativos sobrepostas, diz a Apple. Enquanto isso, uma única janela toma o centro da tela, sem obstruções. O recurso está disponível somente para os aparelhos com chip M1 ou superior, como iPad Pro (2021) e Macs (2020 ou posterior).

Com Stage Manager, iPad terá janelas sobrepostas pela primeira vez, facilitando trabalhos multitarefas
(Com Stage Manager, iPad terá janelas sobrepostas pela primeira vez, facilitando trabalhos multitarefas - Foto: Divulgação / Apple)

✔️ Produto adicionado com sucesso.